RDO DIAGNÓSTICOS MÉDICOS
NOTÍCIAS & MÍDIA

COVID-19 | SARS-CoV2: NOVO TESTE SOROLOGICO – ANTICORPOS NEUTRALIZANTES ANTI-RBD-S1

Os Anticorpos Neutralizantes bloqueiam a ligação entre o RBD (do inglês Receptor-Binding Domain), Domínio de Ligação ao Receptor da proteína Spike e ACE2 na célula humana, conforme testes em cultura celular. Este teste qualifica a resposta imune, analisando assim, a capacidade de os mesmos bloquearem a ligação da proteína da espiga viral (spike) ao receptor a proteína ACE2.

O teste de sorologia para detecção de anticorpos anti-RBD foi desenvolvido no RDO para detecção de anticorpos contra a proteína S (Spike) do SARS-CoV-2, mais especificamente a porção RBD da proteína S1 do vírus, que é a região onde ocorre a conexão ao receptor celular ACE 2, responsável por fazer a ligação com as células do corpo humano e infectá-las.

A vantagem deste teste em relação à sorologia para anticorpos contra outras proteínas como o Nucleocapsideo (N), ou mesmo contra a proteína S completa, é que este apresenta maior sensibilidade (de acordo com testes realizados em nosso laboratório), além de apresentar maior correlação com o teste de anticorpos neutralizantes, já que a presença de anticorpos anti-RBD indica que provavelmente o indivíduo está imune contra a invasão do SARS-CoV-2. Entretanto, é necessário ressaltar que nem todos os anticorpos conferem imunidade à doença. 

O teste de anticorpos neutralizantes – anticorpos anti-RBD, proporciona:  

  • 98,7% de sensibilidade em pacientes com > 14 dias do início dos sintomas;
  • 96,5% de especificidade. 

A Concordância versus ensaio de neutralização VNT: 100%, quando utilizado o limiar de reatividade de 20% como taxa de inibição para o resultado do teste. 

O resultado/laudo é liberado em 3 (três dias úteis), é expresso em % de inibição do vírus correlacionado ao teste de neutralização viral.

Isto significa: 

  • < 20%: sem atividade de neutralização; 
  •  20%: indicativo da presença de anticorpos neutralizantes. 

Dado o resultado, é importante sempre correlacionar com o quadro clínico e outros achados laboratoriais do paciente. 

O teste de anticorpos neutralizantes – anticorpos anti-RBD é indicado nas seguintes situações:

  • Identificação da presença e de anticorpos produzidos contra o SARS-CoV-2 em pacientes que tiveram COVID-19, sintomáticos ou não;
  • Identificação da a presença de anticorpos produzidos após a vacinação para o acompanhamento da evolução sorológica; 
  • Monitoramento da resposta imunológica através do nível de anticorpos IgG, IgM e IgA presentes, após a convalescença da COVID-19 para se avaliar a duração da imunidade.

Entretanto, este teste é contraindicado para a investigação diagnóstica na fase aguda da infecção.

Este teste é de uso profissional realizado por metodologia ELISA, aprovado pela ANVISA e FDA, tendo sido validado internamento no departamento de biologia molecular do RDO.

INTRUÇÕES/PREPARO

  • Não há necessidade de preparo;
  • Coletamos em residência/empresa/escritório na cidade de S. Paulo, por agendamento;
  •  Amostras coletadas até as 12:00 terão resultados liberados até as 18:00 do mesmo dia;

Quando coletado fora da cidade de S. Paulo/outros estados:

  • 1 tubo de soro (tampa amarela), 5ml c/ sangue periférico por paciente;
    • Centrifugar o tubo a 3.000 RPM por 10 minutos;
    • Enviar via remessa expressa/rápida (deve estar no RDO em até 2 dias) ou congelar o soro (deve estar no RDO em até 5 dias).

RESULTADO/LAUDO

ORÇAMENTO/INFORMAÇÕES ADICIONAIS

 55 11 3065-0800, atendimento@rdo.med.br

Postagens recentes

• O reembolso é um direito que deve ser sempre utilizado e aproveitado quando disponível em seu plano de saúde ou convenio!

• O reembolso é a melhor maneira de utilizar o seu plano:

O plano de reembolso é reconhecido por Lei como aquele em que o usuário escolhe livremente o prestador de serviço, sendo reembolsado, nos limites pactuados, do valor gasto, não sendo permitidos mecanismos de regulação assistencial de uso pela operadora de convênio/seguro.

  • Você escolhe o médico, o hospital, o laboratório independentemente da operadora de convênio/seguro para tomar alguma decisão;
  • Não há intermediários entre você e seu médico, permitindo um relacionamento mais franco;
  • Muitos imaginam que reembolso contempla apenas uma porcentagem do valor da consulta, do procedimento ou exame, mas isto não é verdade;
  • A maioria das operadoras de convênios possui uma tabela própria que fixa e determina para cada plano o valor do reembolso;
  • De acordo com a ANS, a operadora de convênio/seguro não é obrigada a anexar a respectiva tabela de reembolso nos contratos, mas é obrigada a informar pelo seu atendimento como chegou ao valor reembolsado, pois, é direito do usuário de saber (valor da chamada “prévia de reembolso”).

O direito a esta informação, é reforçado pelo Procon (art. 46 do Código de Defesa do Consumidor), que diz que o conhecimento prévio é direito do consumidor.

Assim, dependendo do valor que será cobrado, o valor reembolsado será uma porcentagem ou mesmo o valor total.  Por isso a importância de saber o valor do seu reembolso, antecipadamente, através da previa de reembolso;

  • Assim, você saberá se seu prestador está dentro do valor, ou, se será necessário complementar o valor do reembolso;
  • Você poderá também negociar dentro do valor conhecido.
  • Saiba que a diferença que não foi reembolsada pode ser deduzida/descontada do seu imposto de renda pessoa física.