POR QUE ANALISAR O MATERIAL GENÉTICO DO ABORTO?

No primeiro trimestre da gestação há uma estimativa de 15% a 20% de ocorrer abortos espontâneos, sendo que até 70% podem ser de causa genética, geralmente anormalidades cromossômicas do próprio feto.

É indicado que esse material seja submetido ao estudo genético para que o motivo da interrupção da gestação possa ser compreendido e o casal aconselhado quanto aos riscos reprodutivos.

Existem diferentes métodos que podem ser utilizados para a análise do material de aborto variando em seus alcances e custos.

O RDO Diagnósticos Médicos utiliza o método de NGS (Sequenciamento de Nova Geração) e STR (Microssatélites) que avaliam de forma tanto numérica quanto de perdas e duplicações parciais dos cromossomos.

Essas técnicas permitem, também, avaliar a presença de contaminação materna, garantindo uma melhor precisão do seu resultado.

Agendamento para exames ligue (11)3065-0800 ou atendimento@rdo.med.br

#RDODiagnosticos #RDODiagnosticosMedicos #RDO #DiagnosticoLaboratorial #ExameGinecologico #Endometriose #EndometrioseProfunda #sonohisterosalpingo#RDODiagnosticos #RDODiagnosticosMedicos #RDO #DiagnosticoLaboratorial #EstimulacaoHormonal #FIV #FertilizacaoInVitro #Ovarios #hormonioantimulleriano #polimorfismofshelh

Dr. Ricardo M. de Oliveira
Fundador – Diretor Clínico – Técnico responsável
CRM 26218

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Conversar
1
Olá, tudo bem?
Você quer marcar exames?