TROMBOFILIAS HERDADAS E ADQUIRIDAS O QUE SÃO

A trombofilia é uma doença que causa alteração na coagulação sanguínea, aumentando o risco de obstrução dos vasos sanguíneos. A doença pode se manifestar em diversas partes do corpo.

As trombofilias hereditárias constituem um grupo heterogêneo de alterações na coagulação sanguínea, que aumentam a predisposição ao desenvolvimento de fenômenos tromboembólicos e manifestam-se, em geral, na presença de outros fatores de risco.

Através do exame genético é possível saber se a pessoa apresenta predisposição genética para trombose sendo possível que o médico tome medidas preventivas. As mutações mais comuns são:

– Mutação Fator V Leiden – F5 (R506Q)
– Mutação do gene da Protrombina – F2 (G20210A)
– Mutações do gene MTHFR (677C>T e 1298A>C)

O distúrbio da coagulação do sangue que acontece na trombofilia pode ser adquirido ao longo da vida através da obesidade, fratura nos ossos, gravidez, doenças cardíacas, diabetes e uso de anticoncepcionais.

Para evitar a trombose, é importante tomar atitudes preventivas, como controlar a pressão, além de não ficar muito tempo deitado, durante a gravidez, puerpério ou internamento hospitalar.

Dr. Ricardo M. de Oliveira
Fundador – Diretor Clínico – Técnico responsável
CRM 26218

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Conversar
1
Olá, tudo bem?
Você quer marcar exames?